CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Ideias

"É o começo do fim do projeto sionista", diz Ilan Pappe

Historiador afirma que palestinos vivem a escuridão antes do amanhecer

Manifestação pró-Palestina em Bruxelas (Foto: Reuters/Yves Herman)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O renomado historiador israelense Ilan Pappe fez declarações contundentes sobre a situação em Gaza, descrevendo-a como o "começo do fim do projeto sionista". Pappe, autor de "A Limpeza Étnica da Palestina", é conhecido por sua análise crítica das políticas israelenses em relação aos palestinos e pela defesa dos direitos humanos na região. Sua voz se tornou uma referência na discussão sobre o conflito Israel-Palestina.

Em suas declarações, Pappe descreve a atual situação em Gaza como uma fase crucial, onde a destruição e a opressão podem, paradoxalmente, alimentar as bases para a criação de um Estado Palestino. Ele argumenta que a intensificação da violência e da repressão israelense está revelando as falhas do projeto sionista, expondo sua insustentabilidade e injustiça fundamentais.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A destruição em Gaza, com seus ataques aéreos e terrestres, bem como seu bloqueio prolongado que sufoca a vida cotidiana dos palestinos, tem despertado a indignação global e tem levado muitos a questionar a legitimidade das políticas israelenses na região. A comunidade internacional tem testemunhado os horrores do conflito e tem sido pressionada a agir em defesa dos direitos humanos e da autodeterminação palestina.

Ao mesmo tempo, a resistência palestina tem se fortalecido, ganhando apoio e solidariedade em todo o mundo. Movimentos de boicote, desinvestimento e sanções (BDS) têm crescido, exercendo pressão sobre Israel para que respeite os direitos dos palestinos e ponha fim à ocupação ilegal dos territórios palestinos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Pappe sugere que a destruição em Gaza e a crescente resistência palestina estão catalisando uma mudança de paradigma na narrativa do conflito Israel-Palestina. O sofrimento do povo palestino está despertando uma consciência global sobre a necessidade de uma solução justa e duradoura, que inclua o reconhecimento pleno dos direitos e da dignidade dos palestinos. "É o começo do fim do projeto sionista. O capítulo mais sombrio da história da Palestina. A escuridão antes do amanhecer. As pessoas pensavam que nunca aconteceria. Mas provavelmente vai acontecer", diz ele. Confira:

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO