Acabou a conversa: governo retoma projeto FHC e Petrobras será privatizada

O governo acabou com qualquer tipo de conversa e não tem dúvidas: vai privatizar a Petrobras. A Caixa Econômica Federal já vendeu 2% das ações e BNDES deve liquidar 9%. A BR Distribuidora já foi vendida. Mercado internacional se assanha e celebra desmonte do Brasil em todos os níveis.

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo acabou com qualquer tipo de conversa e não tem dúvidas: vai privatizar a Petrobras. A Caixa Econômica Federal já vendeu 2% das ações e BNDES deve liquidar 9%. A BR Distribuidora já foi vendida. Mercado internacional se assanha e celebra desmonte do Brasil em todos os níveis. 

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca que "nos bastidores, a leitura era de que a privatização poderia ocorrer de forma gradual, por meio da venda de ativos que levasse ao enxugamento da empresa, tornando-a focada na exploração e produção de petróleo, o que, de fato, vem acontecendo. Recentemente, importantes desinvestimentos foram realizados com a venda de controle de três subsidiárias: NTS, TAG e BR Distribuidora."

A matéria ainda acrescenta que "já sob a gestão de Paulo Guedes, o caminho da privatização formal foi retomado. O ministro da Economia, inclusive, defende publicamente o plano de vender a estatal e a intenção está gradualmente sendo executada. Em junho, pouco mais de 2% das ações com direito a voto detidas pela Caixa foram vendidas em uma operação em bolsa de valores. A expectativa agora é pelo desinvestimento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que possui pouco mais de 9% das ações ordinárias da companhia em carteira."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email