Aécio deve deixar presidência do PSDB em agosto

O senador Aécio Neves deve deixar a presidência do PSDB em agosto, de acordo com entendimento do próprio parlamentar, que está licenciado do comando tucano, e o senador Tasso Jereissati, presidente em exercício do PSDB; os dois vão se reunir até o final de próxima semana para decidir como será transição, se por renúncia do senador mineiro ou por convocação da convenção do partido, que pode ser marcado para o fim do mês; um grupo defende renúncia coletiva de todos os integrantes da Executiva do partido, para evitar constrangimento maior para Aécio

aecio
aecio (Foto: Romulo Faro)

247 - O senador Aécio Neves deve deixar a presidência do PSDB em agosto, de acordo com entendimento do próprio parlamentar, que está licenciado do comando tucano, e o senador Tasso Jereissati (CE), presidente em exercício do PSDB.

Os dois vão se reunir até o final de próxima semana para decidir como será transição, se por renúncia do senador mineiro ou por convocação da convenção do partido, que pode ser marcado para o fim do mês.

Há um grupo que defende renúncia coletiva de todos os integrantes da Executiva do partido, a fim de evitar um constrangimento maior para Aécio, que está licenciado do cargo, de acordo com a Globo News.

A manutenção de Aécio Neves na presidência do PSDB tem incomodado tucanos, principalmente Jereissati, que já descartou continuar dividindo o comando do partido com o colega de parlamento.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247