Aliados dizem que presidente do PL não endossa documento sobre supostas falhas no sistema eleitoral

Documento distribuído pelo partido de Jair Bolsonaro traz questionamentos sobre o sistema eleitoral e as urnas eletrônicas

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - O documento distribuído pelo PL, partido de Jair Bolsonaro, na tarde desta quarta-feira, 28, com questionamentos sobre o sistema eleitoral e as urnas eletrônicas, não é endossado pelo presidente da legenda, Valdemar da Costa Neto, segundo a CNN, que alega ter ouvido “fontes ligadas ao partido”.

De acordo com a CNN, interlocutores de Valdemar disseram que o documento reflete a visão do consultor contratado pelo partido para acompanhar o processo eleitoral e que o documento é um sumário executivo de um parecer de 130 páginas que foi protocolado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 19 deste mês com sugestões para o aperfeiçoamento do sistema eleitoral.

Porém, o documento tem o timbre do PL e foi distribuído pelo vice-presidente nacional do partido, deputado Capitão Augusto.

Com críticas ao processo eleitoral, ele é visto na campanha bolsonarista como “o plano B” do presidente, caso seja derrotado pelo ex-presidente Lula (PT) no domingo, 2 de outubro, quando ocorre o primeiro turno das eleições.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email