Alvo de investigação da PF, Salles não entregou seu celular aos policiais

O ministro do Meio Ambiente desativou seu celular desde quarta-feira passada, quando a operação Akuanduba da Polícia Federal foi deflagrada, e substituiu seu número e aparelho

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles
O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles (Foto: Carolina Antunes/PR | Ueslei Marcelino/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Alvo da operação Akuanduba da Polícia Federal (PF), o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não entregou seu aparelho celular aos policiais. É o que informa a coluna de Bela Megale, no Globo. 

Durante a operação no ministério, Salles alegou que estava sem o celular. Ele o desativou desde quarta-feira passada, quando a operação foi deflagrada, e substituiu seu número e aparelho. 

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes autorizou a apreensão do celular e de aparelhos eletrônicos de Salles. A não apreensão deve atrapalhar as investigações sobre o papel do ministro no esquema de contrabando de madeira e perseguição de agentes de fiscalização ambiental em que está envolvido

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email