Amazônia registra mais armas em 2018

Enquanto oito estados da região amazônica tiveram crescimento de 54,6% na quantidade de armas de 2017 para 2018, nas outras unidades federativas mais o Distrito Federal o aumento foi de 39%. É o que aponta um levantamento feito pela Coluna do Estadão com base em dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública

(Foto: Reuters)

247 - Os estados da região amazônica registraram mais armas de fogo, em termos porcentuais, do que o restante do País de 2017 para 2018. É o que aponta um levantamento feito pela Coluna do Estadão com base em dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Enquanto AM, PA, RO, RR, MA, AC, MT e TO tiveram crescimento de 54,6%, nas outras unidades federativas amis o Distrito Federal o aumento foi de 39%. Em números absolutos, o restante do País contabilizou uma quantidade maior: 147 mil contra 46 mil na Amazônia.

De acordo com Renato Sérgio de Lima, diretor do Fórum, "mais gente se armou na Amazônia, o que ajuda a compreender o cenário de violência e conflitos". "Essa é uma das razões pelas quais a região Norte é a única que cresceu no número de mortes violentas", disse.

As estatísticas mostraram que, enquanto o Norte teve aumento de 1% em mortes violentas, o restante do País apresentou uma redução de até 15%.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247