Andrea, cérebro dos irmãos Neves, é alvo da PF de novo

Andrea Neves Cunha, cérebro dos irmãos Neves, também foi alvo de busca e apreensão por parte da Polícia Federal na manhã desta terça-feira (11), em sua residência localizada em Brumadinho, grande Belo Horizonte; no entanto, não é a primeira vez que Andrea é citada em esquemas ilícitos; ela foi presa, no dia 18 de maio, acusada de intermediar um encontro entre Aécio e Joesley Batista para cobrar propina do empresário; hoje, por uma decisão do STF, ela encontra-se em liberdade 

Andrea, cérebro dos irmãos Neves, é alvo da PF de novo
Andrea, cérebro dos irmãos Neves, é alvo da PF de novo (Foto: REUTERS/Cristiane Mattos)

247 - Andrea Neves Cunha, cérebro dos irmãos Neves, também foi alvo de busca e apreensão por parte da Polícia Federal, na manhã desta terça-feira (11), em sua residência localizada em Brumadinho, na grande Belo Horizonte. A procura de documentos faz parte de operação baseada em delações de Joesley Batista e Ricardo Saud. Os executivos do grupo J&F relataram repasse de propina de quase R$ 110 milhões ao senador.

No entanto, não é a primeira vez que Andrea é envolvida em esquemas ilícitos. Ela foi presa, no dia 18 de maio, acusada de intermediar um encontro entre Aécio e Joesley Batista no início deste ano, ocasião em que o tucano foi gravado solicitando uma ajuda de R$ 2 milhões ao empresário para custear sua defesa em processos da Lava-Jato. 

No dia 20 de junho, a primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu remover a prisão preventiva e aplicar a prisão domiciliar. 

Então, no dia 7 de dezembro, o juiz Marco Aurélio Mello (STF) soltou Andréa Neves. O ministro do STF retirou também as outras medidas cautelares, como o uso de tornozeleira, a proibição de sair do país, a entrega do passaporte e a restrição de contato com os investigados, como Aécio Neves.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247