Após cortes no Bolsa Família, governo Bolsonaro diz que Renda Brasil atenderá mais pessoas

O programa Bolsa Família, desligado em março deste ano para 158 mil lares, atende hoje 14 milhões famílias. A equipe econômica de Paulo Guedes quer aumentar o alcance do benefício através do Renda Brasil, para 16 milhões de famílias

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Isac Nobrega - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo Jair Bolsonaro, que cortou apenas em março deste ano 158 mil beneficiários do programa Bolsa Família, que atende cerca 14 milhões de lares, vai lançar o substituto Renda Brasil, que segundo a equipe de Paulo Guedes, no ministério da Economia, será destinado a 16 milhões de famílias. A informação é da coluna do jornal O Globo.

Acima desse número proposto, a equipe econômica do governo estima que não há Tesouro para pagar. No entanto, de forma privada Guedes admite o lado político de Jair Bolsonaro e tem hoje a tentação de elevar o alcance para até 18 milhões de famílias. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247