Após eleger aliados no Congresso, governo quer recriar mais um ministério: o do Planejamento

Além da possível recriação das pastas da Cultura, Esporte e Pesca, o governo vem articulando para que a do Planejamento, que hoje está sob o Ministério da Economia, siga o mesmo curso. Isso vem como forma de retribuição às bancadas que garantiram a vitória de Lira e Pacheco

Atualmente, o Planejamento está sob a tutela do Ministério da Economia
Atualmente, o Planejamento está sob a tutela do Ministério da Economia (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Com a eleição de seus aliados para a presidência da Câmara e do Senado, Arthur Lira (PP-AL) na Câmara e Rodrigo Pacheco (DEM-MG) no Senado, Jair Bolsonaro vem se empenhando em retribuir os favores das bancadas que garantiram o resultado. 

Além da possível recriação dos ministérios do Esporte, Cultura e Pesca, há uma movimentação para que o do Planejamento, que hoje está sob o Ministério da Economia, siga o mesmo curso, informa O Antagonista.

A informação foi revelada pelo senador Otto Alencar (PSD-BA), que também se mostrou favorável: “É provável que se recrie o Ministério do Planejamento, que venha alguém que possa planejar o Brasil e estabeleça as metas que o país tem para alcançar e seguir. Qual é a meta que o Bolsonaro estabeleceu no governo dele até agora? Absolutamente nenhuma”, disse. 

A medida descumpriria uma das promessas de campanha mais notórias de Jair Bolsonaro.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email