Após protagonizar vexame nos EUA, Araújo minimiza mal-estar com Eduardo Bolsonaro

Após ter ficado de fora e ser substituído pelo deputado Eduardo Bolsonaro em uma reunião entre o presidente Jair Bolsonaro e o presidente dos EUA, Donald Trump, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, tentou abafar o mal-estar criado pelo chilique que protagonizou diante da situação; "O deputado e eu temos uma visão extremamente coincidente não apenas em relação aos EUA, mas também sobre a posição do Brasil no mundo. Ele comunga das mesmas ideias que eu", disse

Após protagonizar vexame nos EUA, Araújo minimiza mal-estar com Eduardo Bolsonaro
Após protagonizar vexame nos EUA, Araújo minimiza mal-estar com Eduardo Bolsonaro (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

247 - Após ter ficado de fora e ser substituído pelo deputado Eduardo Bolsonaro em uma reunião entre o presidente Jair Bolsonaro e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, tentou colocar panos quentes sobre o caso e abafar o mal-estar criado pelo chilique que protagonizou diante da situação (leia no Brasil 247).

"O deputado e eu temos uma visão extremamente coincidente não apenas em relação aos EUA, mas também sobre a posição do Brasil no mundo. Ele comunga das mesmas ideias que eu", disse.

Na reunião desta terça-feira (19), realizada no Salão Oval da Casa Branca, Eduardo Bolsonaro, que tem atuado como chanceler informal do Brasil, foi convidado por Trump para participar da reunião com seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, Araújo, que estava na comitiva que foi à Casa Branca ficou do lado de fora. A descompensação do chanceler foi presenciada por vários ministros brasileiros que integravam a comitiva presidencial. 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247