Após revelação de dossiê, STF encaminha à PGR pedido de investigação conta André Mendonça

O Supremo Tribunal Federal encaminhou à Procuradoria-Geral da República pedido de instauração de inquérito contra o ministro da Justiça, André Mendonça, por causa de um dossiê criado pela pasta que monitora 579 servidores federais e estaduais, integrantes de movimento antifascista, críticos do governo Jair Bolsonaro

Dia Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas 30 de julho de 2020
Dia Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas 30 de julho de 2020 (Foto: Isaac Amorim/MJSP)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Supremo Tribunal Federal (STF) encaminhou à Procuradoria-Geral da República pedido de instauração de inquérito contra o ministro da Justiça, André Mendonça, por causa de um dossiê criado para investigar militantes antifascistas e opositores ao governo Jair Bolsonaro. 

A existência do dossiê foi revelada pelo portal UOL. Segundo a reportagem, a pasta de André Mendonça deu início a uma caça às bruxas e sigilosamente desde junho criou um dossiê com nomes de 579 servidores federais e estaduais de segurança identificados como integrantes do "movimento antifascismo" e três professores universitários, um dos quais ex-secretário nacional de direitos humanos e atual relator da ONU sobre direitos humanos na Síria, todos críticos do governo de Jair Bolsonaro. 

Após as revelações, o ministro da Justiça demitiu o coronel Gilson Libório de Oliveira Mendes, supostamente responsável pelo dossiê, que atua nos setores de inteligência do governo federal. A informação é do portal O Antagonista. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247