Aprovação de lei sobre abuso de autoridades divide o bolsonarismo e leva governo a mais uma crise

A aprovação do projeto que pune o abuso de autoridade está gerando uma crise sem precedentes na base política bolsonarista

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A aprovação do projeto que pune o abuso de autoridade está gerando uma crise sem precedentes na base política bolsonarista. O ocupante do Palácio do Planalto terá de optar entre desagradar com um veto amplo a maioria do Legislativo ou os seores lavajatistas da sua base.  

A coluna Painel da Folha de S.Paulo aponta que o PSL está dividido sobre o tema. 

A ala que quer privilegiar projetos da área econômica e da pauta de costumes e segurança prega visão estratégica e sangue frio. 

Outra ala, contudo, pede que Bolsonaro vete o projeto aprovado nesta quarta-feira na Câmara dos Deputados que impõe limites ao abso de autoridades. 

Este setor do bolsonarismo chamou o acordo que viabilizou a aprovação do projeto de “ordem suicida”.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email