Aragão: Brasil só terá normalidade se o golpe for anulado

Em entrevista ao deputado Paulo Pimenta (PT), o ex-ministro da Justiça José Eugênio Aragão fala sobre a "escancarada articulação de Michel Temer" por compra de votos para lhe salvar da investigação no plenário da Câmara; de modo genérico, Aragão avalia que "o Brasil só terá normalidade de volta se o golpe contra a presidente Dilma for anulado"

Em entrevista ao deputado Paulo Pimenta (PT), o ex-ministro da Justiça José Eugênio Aragão fala sobre a "escancarada articulação de Michel Temer" por compra de votos para lhe salvar da investigação no plenário da Câmara; de modo genérico, Aragão avalia que "o Brasil só terá normalidade de volta se o golpe contra a presidente Dilma for anulado"
Em entrevista ao deputado Paulo Pimenta (PT), o ex-ministro da Justiça José Eugênio Aragão fala sobre a "escancarada articulação de Michel Temer" por compra de votos para lhe salvar da investigação no plenário da Câmara; de modo genérico, Aragão avalia que "o Brasil só terá normalidade de volta se o golpe contra a presidente Dilma for anulado" (Foto: Romulo Faro)

247 - Em entrevista ao deputado Paulo Pimenta (PT), o ex-ministro da Justiça José Eugênio Aragão fala sobre a "escancarada articulação de Michel Temer" por compra de votos para lhe salvar da investigação pedida pela Procuradoria Geral da República (PGR) ao Supremo Tribunal Federal (STF), cuja votação no plenário da Câmara está marcada para dia 2 próximo.

De modo genérico, Aragão avalia que "o Brasil só terá normalidade de volta se o golpe contra a presidente Dilma for anulado".

 

 

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247