Barroso esconde o jogo e diz que ninguém falou de Lava Jato em jantar sigiloso com Moro e Dallagnol

Em jantar que ofereceu em Brasília em 2016, no qual estiveram presentes Sergio Moro e Deltan Dallagnol, "ninguém falou de Lava Jato', diz o ministro do STF

(Foto: Dilma indica Luís Roberto Barroso para o STF (Foto: ELZA_FIUZA -ABr ))

247 - Em jantar que ofereceu em Brasília em 2016, no qual estiveram presentes Sergiio Moro e Deltan Dallagnol, "ninguém falou de Lava Jato', diz o ministro do STF.   

Barroso alega que o evento era para receber uma professora da Universidade de Yale e não tinha "nada de secreto", pois outras 23 pessoas compareceram.    

“Fiz uma pequena recepção em torno dela em minha casa, para a qual foram convidados alguns professores e expositores do seminário”, diz Barroso. 

Entre eles estavam Moro e Dallagnol.  Diálogos revelados pelo The Intercept na semana passada mostravam Barroso pedindo “máxima discrição” aos dois ao convidá-los para o jantar.  

Depois da publicação do The Intercept sobre o jantar, Barroso agora tenta dar uma explicação publicando nota em seu blog.   

As informações estão na coluna de Mônica Bergamo da Folha de S.Paulo.  

As explicações do ministro Barroso não se sustentam e ele não conseguiu convencer por que pediu "máxima discrição" aos dois "ilustres convidados"

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247