BC bloqueia R$ 1,7 mi na conta de filho de ministro do TCU

Por determinação do juiz Sergio Moro, o Banco Central bloqueou R$ 1.779.859,32 de uma conta do advogado Tiago Cedraz Leite Oliveira, filho do ministro do Tribunal de Contas da União Aroldo Cedraz; também foram bloqueados R$ 301.162,4 em três contas do advogado Sergio Tourinho

Por determinação do juiz Sergio Moro, o Banco Central bloqueou R$ 1.779.859,32 de uma conta do advogado Tiago Cedraz Leite Oliveira, filho do ministro do Tribunal de Contas da União Aroldo Cedraz; também foram bloqueados R$ 301.162,4 em três contas do advogado Sergio Tourinho
Por determinação do juiz Sergio Moro, o Banco Central bloqueou R$ 1.779.859,32 de uma conta do advogado Tiago Cedraz Leite Oliveira, filho do ministro do Tribunal de Contas da União Aroldo Cedraz; também foram bloqueados R$ 301.162,4 em três contas do advogado Sergio Tourinho (Foto: Gisele Federicce)

247 - Por determinação do juiz Sergio Moro, o Banco Central bloqueou R$ 1.779.859,32 de uma conta do advogado Tiago Cedraz Leite Oliveira, filho do ministro do Tribunal de Contas da União Aroldo Cedraz.

Tiago é alvo de investigação da 45ª fase da Operação Lava Jato, chamada de Abate II. Ele e o advogado Sérgio Tourinho Dantas, que também teve bens bloqueados, são acusados de fazer parte de "esquema criminoso" instalado na Petrobras. Em três contas de Sergio Tourinho, o BC achou R$ 301.162,4. 

O valor do bloqueio seria referente à comissão que os advogados receberam na contratação da empresa americana Sargeant Marine pela Petrobras. A operação envolve também o ex-deputado federal Cândido Vaccarezza, que foi preso na 44ª fase.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247