Bia Kicis interrompe fala da deputada Joenia Wapichana, que pedia que indígenas fossem ouvidos sobre o PL 490 (vídeo)

A presidente bolsonarista da CCJ interrompeu a fala da deputada indígena denunciado o PL 490/2007, que prevê uma série de retrocessos nas demarcações de terras indígenas

Joenia Wapichana
Joenia Wapichana
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, a bolsonarista Bia Kicis (PSL-DF), interrompeu a fala da deputada Joenia Wapichana (Rede-RR) denunciando o PL 490/2007, que prevê uma série de retrocessos nas demarcações de terras indígenas.

Wapichana defendia que os povos indígenas fossem consultados sobre o PL, com base em uma resolução da Organização Internacional do Trabalho (OIT) reconhecida pelo Congresso. Kicis interrompeu a fala, dizendo que "a questão está superada". Um bate-boca se sucedeu. 

Diversos personalidades se solidarizaram com Wapichana, que é a primeira mulher indígena eleita para a Câmara dos Deputados. O influenciador digital Felipe Neto alterou sua foto de perfil no Twitter para uma imagem com a frase "PL 490 NÃO": 

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email