Boff cobra reação do povo contra Bolsonaro: está lenta demais ou inexistente

"Creio que face à insensatez do atual governo a reação do povo está lenta demais ou inexistente. Com Hitler foi a mesma coisa.Todos o achavam meio louco e foram deixando,até começar a censurar, fazer desaparecer pessoas,perseguir os judeus e outros...e no fim já era tarde demais", afirmou o teólogo e escritor Leonardo Boff

Boff cobra reação do povo contra Bolsonaro: está lenta demais ou inexistente
Boff cobra reação do povo contra Bolsonaro: está lenta demais ou inexistente (Foto: Wilson Dias / ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O teólogo e escritor Leonardo Boff cobrou a reação do povo brasileiro contra o governo do presidente Jair Bolsonaro.

"Creio que face à insensatez do atual governo a reação do povo está lenta demais ou inexistente. Com Hitler foi a mesma coisa.Todos o achavam meio louco e foram deixando,até começar a censurar, fazer desaparecer pessoas,perseguir os judeus e outros...e no fim já era tarde demais", escreveu o estudioso no Twitter.

De acordo com pesquisa CNI/Ibope sobre popularidade de Jair Bolsonaro divulgada no último dia 24, houve um crescimento de três pontos percentuais no percentual de pessoas que consideram seu governo ruim ou péssimo em um mês: o número saltou de 24% em março para 27% agora em de abril. O levantamento apontou que 35% dos brasileiros aprovam o governo e 31% consideram-no regular. O percentual dos que não souberam ou não responderam soma 7%. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247