Boff: Paulo Freire ensinou que dominadores estremecem com o pobre que pensa

"Agora entendemos a raiva dos bolosonarianos e da famiglia contra contra Paulo Freire. Ele mostrou que os que dominam não temem o pobre que abaixa a cabeça e ignora seus direitos. Mas estremecem diante do pobre que pensa, reclama direitos e descobriu as causas de sua pobreza", afirmou o teólogo Leonardo Boff

Boff: Paulo Freire ensinou que dominadores estremecem com o pobre que pensa
Boff: Paulo Freire ensinou que dominadores estremecem com o pobre que pensa (Foto: Wilson Dias / ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O teólogo Leonardo Boff criticou a família Bolsonaro por causa das críticas ao filósofo Paulo Freire. O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) desafiou “a esquerda” a dizer qual o legado do estudioso ao Brasil.

"Agora entendemos a raiva dos bolosonarianos e da famiglia contra contra Paulo Freire. Ele mostrou que os que dominam não temem o pobre que abaixa a cabeça e ignora seus direitos. Mas estremecem diante do pobre que pensa, reclama direitos e descobriu as causas de sua pobreza", escreveu Boff no Twitter.

"Paulo Freire com sua 'Pedagogia do Oprimido' e 'Educação como prática da Liberdade' mostrou que o pobre é um empobrecido,feito pobre por relações econômico-sociais que o exploram. Ele não é ignorante.Tem um saber de experiências feito. Ignorante é quem pensa que ele é ignorante", acrescentou.

No Twitter, Eduardo Bolsonaro escreveu: "diariamente mostramos quem é Olavo de Carvalho @opropriolavo. Falta o pessoal da esquerda agora dizer quem é Paulo Freire e o seu legado na educação nacional…".

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247