Bolsonaro diz que quarentena não é decisão sua e anuncia aumento da produção de cloroquina

Em novo pronunciamento em rádio e TV, Jair Bolsonaro voltou a defender o uso da cloroquina de modo generalizado no combate à covid-19 e criticou medidas de isolamento. “Muitas medidas restritivas são de responsabilidade dos prefeitos e governadores. O governo federal não foi consultado sobre amplitude e duração”, disse

(Foto: Youtube)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro fez um novo pronunciamento em cadeia de rádio e TV na noite desta quarta-feira, 8. 

Bolsonaro voltou a defender o uso da cloroquina de modo generalizado no combate à covid-19. Ele anunciou que a Índia fará a distribuição da matéria-prima para a produção do medicamento no Brasil. 

Bolsonaro evitou bater de frente com governadores sobre as medidas de restrição social. “Respeito a autonomia dos governadores e prefeitos. Mas muitas medidas restritivas são de responsabilidade exclusiva dos mesmos. O governo federal não foi consultado sobre amplitude e duração”, disse Bolsonaro.

"Como afirmou o diretor da OMS, cada país tem suas particularidades. Os mais humildes não podem deixar de se locomover para buscar o pão de cada dia", acrescentou.

Assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email