Bolsonaro ataca um comunismo que não existe mais

Durante jantar com ideólogos da direita norte-americana em Washington, o presidente Jair Bolsonaro disse que o "antigo comunismo não pode mais imperar neste nosso ambiente que nós vivenciamos"; a informação foi dada pelo porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros

Bolsonaro ataca um comunismo que não existe mais
Bolsonaro ataca um comunismo que não existe mais
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Durante jantar com ideólogos da direita norte-americana em Washington, o presidente Jair Bolsonaro disse que o "antigo comunismo não pode mais imperar neste nosso ambiente que nós vivenciamos". A informação foi dada pelo porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros.

O jantar aconteceu na residência do embaixador brasileiro em Washington, Sergio Amaral. Estiveram presentes a comitiva do presidente, o escritor Olavo de Carvalho e pensadores da direita estadunidense, como o ex-estrategista de Donald Trump Steve Bannon, o acadêmico Walter Rusell Mead, a colunista do Wall Street Journal Mary Anastasia O'Grady e o editor da revista literária The New Criterion, Roger Kimball.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247