Bolsonaro celebra denúncia e volta a atacar Glenn: 'não devia nem estar no Brasil'

“Quem denunciou foi a Justiça. Você não acredita na Justiça?”, declarou Bolsonaro a jornalistas, ao ser questionado sobre a ação do MPF contra Glenn Greenwald no caso da Vaza Jato

Jair Bolsonaro e Glenn Greenwald
Jair Bolsonaro e Glenn Greenwald (Foto: PR | Senado)

247 - Jair Bolsonaro se manifestou nesta terça-feira (21) sobre a denúncia feita pelo MPF contra o jornalista do Intercept Glenn Greenwald. Bolsonaro atacou Glenn dizendo que o jornalista norte-americano não deveria morar no Brasil.

“Não devia nem estar. Onde está esse cara? Ele está no Brasil?”, falou.

Ao ser questionado sobre a denúncia, Bolsonaro ironizou o fato e disse que acredita na Justiça. “Quem denunciou foi a Justiça. Você não acredita na Justiça?”, falou. Após a declaração, ele foi corrigido por assessores que disseram à ele que o papel da denúncia cabia ao Ministério Público. "Ao MP, ao MP”, consertou.

Glenn já reafirmou por meio de nota e vídeo nas redes sociais que apenas cumpriu seu papel como jornalista na Vaza Jato, sem cometer nenhuma irregularidade.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247