Bolsonaro decide tirar Fábio Wajngarten do comando da Secom e deve entregá-la a um militar

Um dos maiores defensores de Jair Bolsonaro, Fabio Wajngarten perdeu o cargo para o almirante Flávio Rocha, chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos

Bolsonaro e o chefe da Secom, Fabio Wajngarten
Bolsonaro e o chefe da Secom, Fabio Wajngarten (Foto: Reprodução/redes sociais)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro decidiu nesta quinta-feira (25) tirar o empresário Fabio Wajngarten do comando da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República. 

Segundo a Folha de S. Paulo, quem vai substituir Wajngarten é o atual chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), almirante Flávio Rocha.

"A saída de Wajngarten ocorre após um histórico de desentendimentos do empresário com o gabinete da Presidência da República, sobretudo envolvendo a politica de comunicação durante a pandemia do coronavírus", diz a Folha. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email