Bolsonaro defende privatização da Petrobrás: 'Existe essa vontade', declarou

Durante sabatina na TV Record, Bolsonaro defendeu o plano de privatizações de seu governo

www.brasil247.com - Petrobras e Bolsonaro
Petrobras e Bolsonaro (Foto: Reuters)


Sputnik - Jair Bolsonaro (PL) disse nesta segunda-feira (26), ser favorável à privatização da Petrobrás, apesar de reconhecer que há dificuldades em concretizar a medida.

Durante sabatina na TV Record, Bolsonaro defendeu o plano de privatizações de seu governo, que concretizou a desestatização da Eletrobras, e disse que tem vontade de fazer o mesmo com a Petrobras.

"Quando você privatiza alguma coisa, a vantagem é que quem for te suceder não vai fazer o uso político daquela empresa. A vontade em privatizar, de minha parte, existe essa vontade e existe por parte da população brasileira", declarou Bolsonaro. 

"Mas nós sabemos da dificuldade de privatizar uma Petrobras e a nossa missão principal é sanear suas dívidas, evitamos o loteamento político da empresa", completou.

O ocupante do Palácio do Planalto criticou as gestões do PT e acusou os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff de ter utilizado a estatal para "botar apadrinhados e corruptos lá dentro". "Essas pessoas afundaram a Petrobras, quase quebraram a Petrobrás", criticou.

Em discurso feito no domingo (25), durante ato no Rio de Janeiro, Lula classificou a proposta de privatização da estatal como "estupidez". "Vamos parar com essa estupidez de querer privatizar a Petrobras. Vamos parar com essa estupidez", afirmou.

O ex-presidente chegou a vestir um jaleco dos petroleiros após discursar no evento, reforçando seu apoio à estatal.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email