Horas após recuo, Bolsonaro volta a atacar Barroso

Declaração foi feita horas após nota de recuo em que diz que vai respeitar as instituições

Jair Bolsonaro e Roberto Barroso
Jair Bolsonaro e Roberto Barroso (Foto: Isac Nóbrega/PR | Carlos Moura/SCO/STF)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Horas depois de assinar e publicar nesta quinta-feira (9) uma carta sinalizando que recua de ameaças golpistas e que respeita as instituições, Jair Bolsonaro voltou a defender o voto impresso nas eleições, mudança já rejeitada pela Câmara dos Deputados.

Ele ainda disse que "palavras bonitas" do presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Luís Roberto Barroso, não convencem ninguém.

"Palavras bonitas, que sei que o ministro Barroso tem, dada a sua formação de jurista, diferente da minha, que tem palavrão de vez em quando, mas não convence ninguém", disse Bolsonaro nesta quinta-feira (9) em transmissão nas redes sociais, destaca reportagem da Folha de S. Paulo.

PUBLICIDADE

O presidente do TSE e ministro do Supremo, Luís Roberto Barroso, em pronunciamento na manhã de quinta, chamou Bolsonaro de farsante por investidas contra as urnas eletrônicas.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email