Bolsonaro fez doação eleitoral irregular de R$ 10 mil em dinheiro vivo ao filho Carlos

A legislação eleitoral proíbe doações em espécie acima de R$ 1.064,10. Jair Bolsonaro depositou R$ 10 mil para a campanha à reeleição de Carlos Bolsonaro à Câmara Municipal do Rio de Janeiro

Carlos e Jair Bolsonaro
Carlos e Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro fez uma doação eleitoral irregular à campanha de seu filho Carlos, candidato à reeleição à Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

Uma resolução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) proíbe doações em espécie acima de R$ 1.064,10. O presidente depositou R$ 10 mil em dinheiro vivo a Carlos, informou reportagem da Folha de S.Paulo.

Procurado pelo veículo, o Palácio do Planalto e o vereador não comentaram o caso.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247