Bolsonaro publica vídeo com médica e politiza uso da cloroquina nas eleições municipais

Jair Bolsonaro publicou um vídeo em que a médica Raíssa Soares Oliveira culpa governadores e prefeitos pelo não uso da hidroxicloroquina no combate à Covid19. O medicamento, porém, não tem eficácia científica comprovada e seu uso não é recomendado pelas OMS

Estudo desmonta o discurso de Jair Bolsonaro a favor do medicamento
Estudo desmonta o discurso de Jair Bolsonaro a favor do medicamento (Foto: ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Plínio Teodoro, na Revista Fórum - Não passou de mais uma bravata o discurso de Jair Bolsonaro, que disse que não se envolveria nas eleições municipais deste ano. Após escancarar apoio aos candidatos do Republicanos Marcelo Crivella, no Rio, e Celso Russomanno, em São Paulo, o presidente publicou um vídeo em que a médica Raíssa Soares Oliveira e colocou a cloroquina, que virou símbolo governista do combate ao coronavírus, na pauta eleitoral.

“Dra. Raissa, de Porto Seguro/BA (daquele vídeo sobre Hidroxicloroquina), dá uma importante recado sobre eleições no Brasil”, escreveu nas redes junto ao vídeo, às 5h43 deste sábado (17).

“O motivo da medicação não chegar no povo foi questão política, pessoas com poder de caneta que impediram a hidroxicloroquina de chegar na casa das pessoas. Isso são governantes eleitos por nós. Neste momento de eleição, entenda, nós precisamos dar valor a pessoas que lutam pela vida, que lutam pela família, que lutam pelo caráter, que lutam pela pátria”, diz a médica. “Preste atenção a quem você vai dar voto, olhe o partido dessa pessoa que você está querendo dar voto”, emenda.

Leia a íntegra na Fórum. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247