Bolsonaro veta homenagem a João Goulart, deposto pela ditadura militar

Jair Bolsonaro vetou integralmente o projeto de lei que nomeava de Rodovia João Presidente João Goulart um trecho da BR-153

Bolsonaro e João Goulart
Bolsonaro e João Goulart (Foto: Alan Santos/PR | Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Jair Bolsonaro vetou integralmente o projeto de lei que nomeava de Rodovia João Presidente João Goulart um trecho da  BR-153, que liga o município de Cachoeira do Sul (RS) a Marabá (PA). Bolsonaro, que defende a ditadura militar, justificou o veto alegando que “busca-se que personalidades da história do País possam ser homenageadas em âmbito nacional desde que a homenagem não seja inspirada por práticas dissonantes das ambições de um Estado Democrático”.

“Tal medida é inoportuna por não considerar as especificidades e as peculiaridades de cada estado. Além disso, entende-se que escolher homenagear apenas uma figura histórica poderia representar descompasso com os anseios e as expectativas da população de cada unidade federativa abrangida pela rodovia”, completou Bolsonaro em mensagem enviada ao Congresso.

O veto foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) na edição desta quinta-feira (14).

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email