Boulos: eles não têm coragem para assumir que Alckmin é Temer

O presidenciável Guilherme Boulos (Psol) alertou para a semelhança entre a agenda do seu concorrente Geraldo Alckmin (PSDB) e de Michel Temer, que faz o governo mais impopular desde a redemocratização; "Temer fala em entrevista o que todos já sabiam, mas que eles não tem coragem de assumir na campanha: Alckmin é Temer"

Boulos: eles não têm coragem para assumir que Alckmin é Temer
Boulos: eles não têm coragem para assumir que Alckmin é Temer (Foto: Esq.: ABR / Dir.: Alan Santos - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidenciável Guilherme Boulos (Psol) alertou para a semelhança entre a agenda do seu concorrente Geraldo Alckmin (PSDB) e de Michel Temer, que faz o governo mais impopular desde a redemocratização.

"Temer fala em entrevista o que todos já sabiam, mas que eles não tem coragem de assumir na campanha: Alckmin é Temer", escreveu Boulos em sua conta no Twitter.

Questionado por que a maioria dos partidos da base apoiam o tucano e não o ex-ministro Henrique Meirelles (MDB), Temer disse à Folha que, evidentemente, não iria "obrigá-los a apoiar o candidato do governo —do MDB".

"Aliás, o Alckmin recebeu críticas porque tem o apoio de todos. Se você dissesse: 'quem o governo apoia?'. Parece que é o Geraldo Alckmin, né? Os partidos que deram sustentação ao governo, inclusive o PSDB, estão com ele. Vou ter cautela para não fazer campanha para um ou outro. Até porque falam muito da impopularidade. Não quero nem incomodar, digamos", disse ele ao jornalista Bruno Boghossian (veja aqui).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email