Cada dia mais isolado, Bolsonaro agora acena à imprensa

Isolado, com popularidade em queda de maneira sem precedentes para um presidente da República, Jair Bolsonaro fez um giro de 180º em sua postura em relação à imprensa: dos ataques que foram sua marca até agora, resolver fazer acenos aos meios de comunicação. "Tudo pode melhorar nessa vida, até o nosso relacionamento com a imprensa, que tem melhorado muito ultimamente. Eu sou cada vez mais apaixonado por vocês, menos aquele barbudo ali", disse nesta terça

Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Antonio Cruz/ ABR)

247 - Isolado, com popularidade em queda de maneira sem precedentes para um presidente da República, Jair Bolsonaro fez um giro de 180º em sua postura em relação à imprensa: dos ataques que foram sua marca até agora, resolver fazer acenos aos meios de comunicação. Nesta terça (18), disse que seu relacionamento com a imprensa tem "melhorado muito". Eleito com o apoio da mídia conservadora, Bolsonaro está sendo abandonado por alguns dos principais veículos de jornalismo do país. 

"Tudo pode melhorar nessa vida, até o nosso relacionamento com a imprensa, que tem melhorado muito ultimamente. Eu sou cada vez mais apaixonado por vocês, menos aquele barbudo ali", disse ele, apontando para um repórter em tom de brincadeira, após cerimônia de hasteamento da bandeira no Palácio do Planalto.

Bolsonaro havia sido questionado se o general Luiz Eduardo Ramos, escolhido para a Secretaria de Governo, cuidaria da articulação política do governo e se isso melhoraria o diálogo com o Legislativo.  

Bolsonaro disse ainda que Ramos é "amigo" antes de ministro. "Articulação política vai ser com ele também", disse. "É um amigo, não é nem ministro, é um amigo acima de tudo", acrescentou.

Segundo o presidente, Ramos assumirá o cargo em breve, mas não disse uma data.  

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247