Campanha Lula Livre realiza mutirão neste fim de semana

Comitês Lula Livre estão nas ruas em todo país neste final de semana (27 e 28 de julho) para coletar assinaturas pela anulação do processo que levou o ex-presidente à prisão política

Lula livre
Lula livre (Foto: Comitê Lula Livre)

247 - A liberdade do ex-presidente Lula depende de uma ampla mobilização popular em torno da soberania nacional e da justiça. Ampliar o convencimento sobre a perseguição de Moro e da Lava Jato, além  de aumentar o engajamento da população é o objetivo do 3º Mutirão Lula Livre, que ocorre durante este fim de semana, 27 e 28 de julho. É o trabalho de corpo a corpo, de ir aonde o povo está, retomando a prática do trabalho de base da esquerda brasileira.

No interior de São Paulo, em São José dos Campos, o Sarau Lula Livre (ocorrido ainda na sexta-feira, 26) deu o ponta pé nas atividades com muita cultura. Um dia antes, na Bahia, o Comitê esteve presente na 5ª Feira da Reforma Agrária, no centro de Salvador, com a presença de diversas organizações em torno da liberdade de Lula.

São Paulo foi o estado de maior número de cidades com atividades neste sábado. Além da capital Mogi das Cruzes, Carapicuíba, Ubatuba, Araçatuba e Pindamonhangaba foram alguns dos lugares que tiveram ações nas ruas e coleta massiva de assinaturas, com amplo engajamento de quem era abordado pela militância.

Em João Pessoa, capital da Paraíba, foi grande também o engajamento. Ao ponto de os companheiros organizadores do Mutirão Lula Livre terem sido convidados a utilizar um trio elétrico que passava na rua e chamou os militantes para hastear a bandeira Lula Livre e ampliar o diálogo com a população do bairro mais populoso, Mangabeira.

“A aceitação foi maravilhosa. Ainda tivemos a ajuda de uma companheira que trabalha com propaganda e sempre está aqui com um trio elétrico. Ela pediu pra subir com a bandeira de Lula e tivemos a oportunidade de circular pelo bairro neste trio elétrico, fizemos a leitura do panfleto e conseguimos explicar amplamente no bairro o porquê de Lula ser um preso político”, explica Cely Andrade, mencionando a ampla adesão também quando passaram no mercado do bairro.

Alagoas encerrou neste domingo a Caravana Lula Livre hoje a Caravana Lula Livre. O Comitê estadual alongou a programação de trabalho de base, com visitas em cidades-pólo de todo o interior do Estado. Ao longo do mês de julho foram visitadas União dos Palmares, São Miguel dos Campos, Matriz de Camaragibe, Palmeira dos Índios, Arapiraca, Delmiro Gouveia e, neste sábado, intervindo com muito diálogo na Festa do Carro de Boi de Inhapi, no Alto Sertão.

Em Santa Catarina, foi fundado mais um Comitê Local, como parte do Mutirão Lula Livre. Em Brasília, a atividade se concentrou na Feira da Diversidade LGBT, com grande engajamento na coleta de assinaturas. O abaixo-assinado já computa mais de 100 mil assinaturas.

Em Bangu-RJ, a participação do Mutirão foi na final da taça das favelas. Até em Berlin, na Alemanha, teve banquinha do Mutirão Lula Livre, dialogando com quem passava. As atividades de dialogo com a população continuam neste domingo, 28.

Com informações do Comitê Lula Livre e do PT

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247