Capitalização não deve ser aprovada, diz presidente de comissão da Previdência

"Acho difícil pelo clima que existe aqui dentro", admitiu o deputado Marcelo Ramos (PR-AM), presidente da comissão especial de discute a reforma da Previdência na Câmara

Capitalização não deve ser aprovada, diz presidente de comissão da Previdência
Capitalização não deve ser aprovada, diz presidente de comissão da Previdência

247 - O presidente da comissão especial da reforma da Previdência na Câmara, deputado Marcelo Ramos (PR-AM), disse que o modelo de capitalização proposto pelo ministro Paulo Guedes, não deve ser aprovado.

"Acho difícil pelo clima que existe aqui dentro", admitiu o parlamentar nesta quinta-feira (9). Marcelo, no entanto, se confundiu e afirmou que a capitalização estava entre os pontos que os 13 partidos favoráveis a reforma vetaram. As siglas que deram aval ao projeto se manifestaram apenas contra mudanças na aposentadoria rural e no Benefício de Prestação Continuada.

Ao ser informado sobre o sistema de capitalização não ter sido vetado pelos 13 partidos, Ramos disse que "pode ser que [a capitalização] fique [no projeto], mas acha "difícil".

O deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), relator da reforma, disse que "há quase que uma unanimidade que a capitalização, só com a contribuição do indivíduo, não para de pé".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247