Cardozo: Lava Jato não vai parar por cortes na PF

"A Lava Jato não será interrompida e todas as outras operações não sofrerão cortes por força da situação orçamentária", declarou o ministro da Justiça à Folha, a respeito do corte de R$ 133 milhões no orçamento da Polícia Federal para 2016; ele afirma que tenta recompor os cortes previstos na proposta que saiu do Congresso

"A Lava Jato não será interrompida e todas as outras operações não sofrerão cortes por força da situação orçamentária", declarou o ministro da Justiça à Folha, a respeito do corte de R$ 133 milhões no orçamento da Polícia Federal para 2016; ele afirma que tenta recompor os cortes previstos na proposta que saiu do Congresso
"A Lava Jato não será interrompida e todas as outras operações não sofrerão cortes por força da situação orçamentária", declarou o ministro da Justiça à Folha, a respeito do corte de R$ 133 milhões no orçamento da Polícia Federal para 2016; ele afirma que tenta recompor os cortes previstos na proposta que saiu do Congresso (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, assegurou que a Operação Lava Jato e outras investigações da Polícia Federal não serão encerradas com o corte de R$ 133 milhões previstos no orçamento da corporação para 2016.

Em declaração à Folha de S. Paulo, ele disse que tenta recompor os cortes previstos na proposta que saiu do Congresso, em diálogo com o Ministério do Planejamento. "A Lava Jato não será interrompida e todas as outras operações não sofrerão cortes por força da situação orçamentária", disse Cardozo.

"Não faltará verba para a Lava Jato nem para qualquer atividade essencial da Polícia Federal. A Polícia Federal tem sido tratada com prioridade [no ministério]. Esse é o compromisso claro que temos tido ao longo dos tempos", acrescentou o ministro.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email