Carlos Bolsonaro volta a insinuar que querem a morte de seu pai

"Bolsonaro sobreviveu a tentativa de assassinato por ex-integrante do PSOL, o irmão siamês do PT. Após Davos, se Deus quiser, realizará cirurgia para retirar sua bolsa de colostomia. O que tem de torcedores para não existir sucesso não está no gibi. Tudo ao alcance dos olhos!", postou o filho de Bolsonaro no Twitter; em novembro, ele já havia tocado no tema, dizendo que seu pai poderia ser morto por alguém que está "muito perto"

Carlos Bolsonaro volta a insinuar que querem a morte de seu pai
Carlos Bolsonaro volta a insinuar que querem a morte de seu pai
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em meio ao escândalo que implicam diretamente seu irmão mais velho, Flávio Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro voltou a chamar atenção neste sábado 19, em seu Twitter, para um suposto desejo de morte contra seu pai, Jair Bolsonaro. Desta vez, ele insinua que querem a morte do presidente na cirurgia marcada para o dia 28 de janeiro. Na postagem, ele também descreve o autor da facada em Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira, como "ex-integrante do PSOL, irmão siamês do PT".

"Bolsonaro sobreviveu a tentativa de assassinato por ex-integrante do PSOL, o irmão siamês do PT. Após Davos, se Deus quiser, realizará cirurgia para retirar sua bolsa de colostomia. O que tem de torcedores para não existir sucesso não está no gibi. Tudo ao alcance dos olhos!", postou o filho de Bolsonaro no Twitter.

Não é a primeira vez que Carlos Bolsonaro fala em ameaças de morte contra seu pai. Em novembro de 2018, ele já havia dito, também pelas redes sociais, que o então presidente eleito poderia ser morto por alguém que está "muito perto".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247