Casos de covid-19 crescem 1.300% em apenas sete dias nas prisões brasileiras

Segundo dados do Depen, ligado ao Ministério da Justiça, o número de detentos infectados pelo novo coronavírus saltou de três para 42 em sete dias. No início da semana, o ministro Sergio Moro afirmou que a situação estava sob controle

(Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O número de casos confirmados de covid-19 no sistema prisional brasileiro registrou um incremento de 1.300% em apenas uma semana. Segundo dados do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, o número de detentos infectados pelo novo coronavírus saltou de três para 42 em sete dias. 

Segundo reportagem do UOL, apesar de oficialmente não terem sido registradas mortes relacionadas a covid-19, diversos óbitos por problemas respiratórios não estão sendo investigados pelas autoridades.

A situação mais grave está localizada no Distrito federal, onde 38 presos do Complexo Penitenciário da Papuda testaram positivo para a doença e 25 agentes penitenciários estão contaminados. Outros 38 casos são considerados suspeitos. Também foram confirmados casos em prisões de Pernambuco (2), Ceará (1) e Pará (1).

Na última segunda-feira (13). O ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou que a situação estava  controlada. "Estamos tomando cuidados necessários para identificar e cuidar para que os casos sejam devidamente isolados", disse na ocasião.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247