Celso Amorim: Lula segue sendo a única candidatura possível do PT

O ex-chanceler Celso Amorim visitou a Argentina nesta semana e voltou a defender a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à presidência da República; "Deixar sua candidatura para um oportunismo eleitoral seria eticamente discutível e um grande erro político", disse ele; durante participação em ato na Universidade Metropolitana do Emprego e do Trabalho (UMET), Celso Amorim classificou como uma "conspiração". contra o PT o golpe contra a presidente Dilma Rousseff e a prisão de Lula. "Lula tem que ser libertado e deve ter o direito de ser candidato. Fundamentalmente porque é um direito do povo brasileiro"

Celso Amorim: Lula segue sendo a única candidatura possível do PT
Celso Amorim: Lula segue sendo a única candidatura possível do PT

247 - O ex-chanceler Celso Amorim visitou a Argentina nesta semana e voltou a defender a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à presidência da República. 

Em entrevista ao jornal La Nación, Amorim disse que Lula é o único projeto possível para o PT. "Estamos falando sobre quem foi consagrado o melhor presidente da história do Brasil e quem ainda é o favorito em todas as pesquisas. Deixar sua candidatura para um oportunismo eleitoral seria eticamente discutível e um grande erro político", disse ele, que visitou Buenos Aires como coordenador internacional do comitê de Lula Presidente. 

Segundo o ex-chanceler do governo Lula, já há sinais de que o ex-presidente pode ser libertado. "Percebo uma mudança no humor da classe dominante no Brasil que está percebendo que ter Lula na prisão é algo que afeta a imagem do país. Além disso, o Brasil precisa hoje de alguém capaz de governar e trazer a paz. Recentemente vimos que a greve dos caminhoneiros quase detonou as instituições. As pessoas sabem que no tempo de Lula o país cresceu e houve um ambiente de conciliação nacional", defendeu. 

Durante participação em ato na Universidade Metropolitana do Emprego e do Trabalho (UMET), Celso Amorim classificou como uma "conspiração". contra o PT o golpe contra a presidente Dilma Rousseff e a prisão de Lula.  “Lula tem que ser libertado e deve ter o direito de ser candidato. Fundamentalmente porque é um direito do povo brasileiro”, afirmou Amorim, entre aplausos.


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247