Chamado de golpista, presidente da OAB desiste de ir a evento na Paraíba

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cláudio Lamachia, estava na Paraíba para o lançamento do Comitê contra o Caixa 2 nas eleições municipais, que ocorreu nesta quarta (29), mas desistiu de participar da solenidade em João Pessoa ao ser acusado de “golpista”; durante a posse do Conselho da Subseção da OAB de Campina Grande, o jurista foi alvo de protesto; Lamachia se manifestou em relação ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cláudio Lamachia, estava na Paraíba para o lançamento do Comitê contra o Caixa 2 nas eleições municipais, que ocorreu nesta quarta (29), mas desistiu de participar da solenidade em João Pessoa ao ser acusado de “golpista”; durante a posse do Conselho da Subseção da OAB de Campina Grande, o jurista foi alvo de protesto; Lamachia se manifestou em relação ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff
O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cláudio Lamachia, estava na Paraíba para o lançamento do Comitê contra o Caixa 2 nas eleições municipais, que ocorreu nesta quarta (29), mas desistiu de participar da solenidade em João Pessoa ao ser acusado de “golpista”; durante a posse do Conselho da Subseção da OAB de Campina Grande, o jurista foi alvo de protesto; Lamachia se manifestou em relação ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (Foto: Valter Lima)

247 - O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cláudio Lamachia, estava na Paraíba para o lançamento do Comitê contra o Caixa 2 nas eleições municipais, que ocorreu nesta quarta-feira (29), mas desistiu de participar da solenidade em João Pessoa ao ser acusado de “golpista”.

Durante a posse do Conselho da Subseção da OAB de Campina Grande, o jurista foi confrontado e chamado de “golpista”. Alguns advogados presentes se manifestaram contrários ao presidente e a segurança precisou ser acionada para restabelecer a ordem. O motivo seria o apoio que Lamachia manifestou em relação ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A solenidade em João Pessoa aconteceria no auditório da OAB-PB. Após o lançamento, Cláudio Lamachia, e o presidente da OAB-PB, Paulo Maia, deveriam conceder uma entrevista coletiva à impressa. Com medo de represálias, o jurista cancelou o segundo dia de visita em João Pessoa e retornou para Brasília. Sua decisão foi motivada após alguns colegas locais do presidente alertarem que o protesto contra o “golpista” na capital seria mais intenso.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247