Ciro: Bolsonaro pode acabar com o agronegócio

"O Brasil tem a maior taxa de juros do mundo. Imagine a agricultura brasileira, que tem simpatia pelo Bolsonaro porque ele denuncia mazelas, se você acaba com o subsídio?", questionou o presidenciável do PDT; Paulo Guedes, assessor de Jair Bolsonaro (PSL), disse "não pode haver subsídios para setores específicos, a não ser que muito bem fundamentados"

Ciro: Bolsonaro pode acabar com o agronegócio
Ciro: Bolsonaro pode acabar com o agronegócio (Foto: Esq.: Adriano Machado - Reuters / Dir.: Fabio Pozzebom - ABR)

247 - O presidenciável do PDT, Ciro Gomes, afirmou que a intenção do economista Paulo Guedes, assessor do candidato ao Planalto Jair Bolsonaro (PSL) é de acabar com os subsídios a produtores rurais pode quebrar o setor em doze meses.

"O Brasil tem a maior taxa de juros do mundo. Imagine a agricultura brasileira, que tem simpatia pelo Bolsonaro porque ele denuncia mazelas, se você acaba com o subsídio? Em doze meses, o agronegócio acaba, porque não tem agricultura que pague 41% de taxa de juros", disse o pededista, que teve encontro de produtores rurais, ao lado de Kátia Abreu. O relato foi publicada pela Folha de S. Paulo.

Paulo Guedes disse à GloboNews, na noite de quinta-feira (23), que, se depender dele, "não pode haver subsídios para setores específicos, a não ser que muito bem fundamentados".

 

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247