Com plateia cheia de crianças em culto, Damares diz que Brasil tem menores com dentes arrancados para sexo oral

Senadora e empresária evangélica ainda falou em sexo anal

www.brasil247.com - Damares Alves é eleita senadora pelo DF
Damares Alves é eleita senadora pelo DF (Foto: Reprodução/Facebook)


247 - Senadora eleita pelo Distrito Federal e ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves (Republicanos) afirmou neste domigo (9) que o governo Jair Bolsonaro (PL) teria recebido informações sobre crianças vítimas de tráfico humano. O crime teria sido registrado na Ilha de Marajó, no Pará, mas ela não apresentou imagens ou detalhes da suposta operação. 

Com a plateia cheia de crianças, ela disse: "nós temos imagens de crianças de 4 anos, 3 anos que, quando cruzam as fronteiras, tem seus dentes arrancados para não morderem na hora do sexo oral. (...) Nós descobrimos que essas crianças comem comida pastosa para o intestino ficar livre para a hora do sexo anal". 

A deputada eleita Elika Takimoto apontou crime na fala de Damares:  "Damares que é contra educação sexual em escolas falou em um (aparente) culto que são arrancados dentes de crianças para elas fazerem sexo oral sem morder e que criança é obrigada a comer comida pastosa para fazer sexo anal. Tinha crianças na plateia. Isso é crime, senadora!"

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:


O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247