Confirmado: Bolsonaro convidou o filho para ser ministro da Secom

Após a crise ser instalada na área de comunicação do futuro governo, diante das pressões para a nomeação de uma equipe técnica, o presidente eleito Jair Bolsonaro decidiu nomear o próprio filho para o mais poderoso cargo do setor; Carlos Bolsonaro ficará com a Secom, a suculenta Secretaria de Comunicação - que administra toda a verba publicitária do governo; Jair Bolsonaro diz que o filho "é fera nas mídias sociais"; Carlos tem fama de ser hostil às mídias tradicionais e há receio de que isso possa interferir na distribuição da verba da secretaria

Confirmado: Bolsonaro convidou o filho para ser ministro da Secom
Confirmado: Bolsonaro convidou o filho para ser ministro da Secom
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Após a crise ser instalada na área de comunicação do futuro governo, diante das pressões para a nomeação de uma equipe técnica, o presidente eleito Jair Bolsonaro bateu o martelo e decidiu nomear o próprio filho para o mais poderoso cargo do setor. Carlos Bolsonaro ficará com a Secom, a suculenta Secretaria de Comunicação - que administra toda a verba publicitária do governo. Carlos é hostil às mídias tradicionais e atua diretamente nas plataformas digitais que provocaram polêmica com o volume de fake news e disparos em massa financiados por empresários em apoio à candidatura Bolsonaro.

A informação é do site de extrema-direita O Antagonista: "Jair Bolsonaro revelou a O Antagonista que estuda nomear o filho Carlos ministro-chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência. Ele ficaria responsável por administrar a verba publicitária oficial, além de atuar como porta-voz do governo. Segundo Bolsonaro, a pasta teria status de ministério".

Segundo o site, Jair Bolsonaro disse: "o cara é uma fera nas mídias sociais. Tem tudo para dar certo".

O site ainda infirma que "o presidente eleito explicou ainda que pensa em reduzir a verba de comunicação do governo, mas não pretende cortá-la. A decisão sobre a nomeação depende agora do próprio Carlos Bolsonaro, que, segundo o pai, 'está avaliando os prós e contras'.".

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email