CUT pede liberdade para Lula e todos os presos políticos do Brasil

Em nota, Vagner Freitas, presidente da entidade, afirmou que, "a passos rápidos, os golpistas do governo ilegítimo de Temer, e os do futuro governo de extrema direita, tentam destruir o movimento sindical, matam e prendem lideranças trabalhadores rurais e encarceram dirigentes partidários, entre eles Lula, nosso principal líder nacional"

CUT pede liberdade para Lula e todos os presos políticos do Brasil
CUT pede liberdade para Lula e todos os presos políticos do Brasil (Foto: Esq.: CUT / Dir.: Stuckert)

247 - A Central Única dos Trabalhadores (CUT) divulgou em seu site um texto assinada por Vagner Freitas, presidente da entidade, pedindo "liberdade para Lula e todos os presos políticos no Brasil".

"A gestão atual viveu um dos maiores desafios da história do Brasil: lutar contra mais um golpe civil-jurídico-midiático que destituiu da presidência a primeira mulher eleita para o cargo e vem implantando um regime econômico neoliberal que destrói os direitos e conquistas da classe trabalhadora, como acabar com mecanismos de liberdade e organização e de manifestação", diz o texto.

De acordo com a nota, "a passos rápidos, os golpistas do governo ilegítimo de Temer, e os do futuro governo de extrema direita, tentam destruir o movimento sindical, matam e prendem lideranças trabalhadores rurais e encarceram dirigentes partidários, entre eles LULA, nosso principal líder nacional".

Leia a íntegra:

Prezadas companheiras e companheiros,

A CUT foi criada para defender os interesses da classe trabalhadora no campo e nas cidades. Estamos cumprindo esta missão desde a fundação da nossa Central, em 1983.

A gestão atual viveu um dos maiores desafios da história do Brasil: lutar contra mais um golpe civil-jurídico-midiático que destituiu da presidência a primeira mulher eleita para o cargo e vem implantando um regime econômico neoliberal que destrói os direitos e conquistas da classe trabalhadora, como acabar com mecanismos de liberdade e organização e de manifestação.

A passos rápidos, os golpistas do governo ilegítimo de Temer, e os do futuro governo de extrema direita, tentam destruir o movimento sindical, matam e prendem lideranças trabalhadores rurais e encarceram dirigentes partidários, entre eles LULA, nosso principal líder nacional.

Os militantes, os dirigentes e os funcionários da CUT doaram parte importante da sua vida à luta em defesa da classe trabalhadora e das liberdades democráticas. Sofremos derrotas e obtivemos vitórias.

Estamos acabando o ano de 2018. Lembramos que a luta é para valorizar a vida, a consciência de classe e melhoria da qualidade de vida para todos. A solidariedade internacional está sendo muito importante.

Eu, em nome de todos os dirigentes da CUT, quero agradecer do fundo do coração a nossa unidade e a dedicação de todos.

Que neste Natal a gente renasça nesta festa cristã, e que no ano de 2019 tenhamos mais vitórias, mais conquistas  e mais solidariedade.

Nossos agradecimentos também a todos os militantes dos movimentos sociais e aos democratas em geral. Liberdade para Lula e todos os presos políticos no Brasil.

Feliz Natal e próspero Ano Novo,

Vagner Freitas,

Presidente Nacional da CUT.

São Paulo, 20 de dezembro de 2018

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247