Datafolha mostra que 70% dos brasileiros reprovam indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada

Pesquisa Datafolha indica que maioria esmagadora da população se opõe ao plano de Jair Bolsonaro de indicar seu filho Eduardo para o posto de embaixador nos Estados Unidos. Apenas 23% consideram que o ocupante do Palácio do Planalto está agindo bem ao indicar o filho, aponta reportagem do jornalista Rafael Balago

(Foto: Paola De Orte/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Pesquisa Datafolha indica que maioria esmagadora da população se opõe ao plano de Jair Bolsonaro de indicar seu filho Eduardo para o posto de embaixador nos Estados Unidos. Apenas 23% consideram que o ocupante do Palácio do Planalto está agindo bem ao indicar o filho, aponta reportagem do jornalista Rafael Balago.

Até agora o nome de Eduardo Bolsonaro não foi oficializado pelo pai. Além da rejeição da população, a indicação é rechaçada por diplomatas de carreira do Itamaraty e por juristas que veem nisso um ato de nepotismo.  

Eduardo Bolsonaro já deu mostras de que não tem nenhuma preparação técnica nem política para o cargo.    

A aprovação do seu nome, se for oficializado por Bolsonaro, depende do Senado, onde Eduardo Bolsonaro está mantendo conversações para angariar votos. 

Seu pai tem dado sinais de que está disposto ao toma lá da cá da "velha política", que demagogicamente diz condenar, para obter a nomeação.   

Não há data prevista para que as votações aconteçam na Comissão de Relações Exteriores e no plenário do Senado.  

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247