DCM: bancário visitou triplex e tirou fotos que comprovam a farsa

"O bancário aposentado Manuel Meneses, de Salvador, Bahia, fez o que a velha imprensa deveria ter feito: visitou o triplex que Sergio Moro atribui a Lula antes que ele fosse vendido e fez registros em fotos e vídeos. A conclusão dele e de qualquer pessoa honesta que veja as fotos é: o triplex não teve nenhuma reforma digna desse nome", diz o jornalista Joaquim de Carvalho, no Diario do Centro do Mundo

DCM: bancário visitou triplex e tirou fotos que comprovam a farsa
DCM: bancário visitou triplex e tirou fotos que comprovam a farsa (Foto: DCM)

247 - "O bancário aposentado Manuel Meneses, de Salvador, Bahia, fez o que a velha imprensa deveria ter feito: visitou o triplex que Sergio Moro atribui a Lula antes que ele fosse vendido e fez registros em fotos e vídeos. A conclusão dele e de qualquer pessoa honesta que veja as fotos é: o triplex não teve nenhuma reforma digna desse nome", diz o jornalista Joaquim de Carvalho, no Diario do Centro do Mundo. "Viu ainda no apartamento um fogão velho, uma geladeira, um escritório improvisado, beliches, uma piscina com tamanho de uma banheira — 'duas braçadas e você chega de uma ponta a outra'", continua o jornalista, citando uma expressão usada pelo bancário.

Segundo relato no DCM, o funcionário afirmou que, “quando se falava em elevador privativo, imaginava que fosse algo que levasse da garagem ao apartamento, mas não. É um elevador que leva de um piso a outro no tal triplex, como esses elevadores para cadeirante. Uma coisa mixuruca, que não custa muito”. “Vi ainda que o piso que teria sido trocado não é porcelanato de primeira linha, é um piso de segunda linha. Não é o pior, mas também não é o de primeira linha. Fiquei pensando: um ex-presidente pode morar num lugar mais bem arrumado”, destacou. 

Leia a íntegra no DCM, que também divulgou mais foto

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247