De Haddad para Weintraub: estudantes pedem um pouco de isonomia

"Weintraub diz que o Enem não existe para corrigir injustiças. Falso: quando ele foi reformado em 2009 para substituir o vestibular das federais e viabilizar o SiSU ele corrigiu grandes injustiças. Mas, hoje, os estudantes pedem algo um pouco diferente: um pouco de ISONOMIA!", disse Fernando Haddad

(Foto: Brasil247 | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidenciável Fernando Haddad criticou a declaração do ministro da Educação, Abraham Weintraub, de que o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) não foi feito para corrigir injustiças.

"Weintraub diz que o Enem não existe para corrigir injustiças. Falso: quando ele foi reformado em 2009 para substituir o vestibular das federais e viabilizar o SiSU ele corrigiu grandes injustiças. Mas, hoje, os estudantes pedem algo um pouco diferente: um pouco de ISONOMIA!", escreveu Haddad no Twitter.

A declaração do ministro foi concedida em reunião virtual com senadores, de acordo com o jornal Folha de S.Paulo

O MEC confirmou o Enem para os dias 1º e 8 de novembro, mesmo com o País passando pela maior crise na saúde de sua história. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247