Depois de fritar Bebianno, Carlos Bolsonaro diz que é alvo de ataque 'por dizer a verdade'

"Faço uma pergunta para simples reflexão: por que focam as baterias para me atacar se simplesmente disse a verdade? Se respondo sou isso, se me calo sou aquilo", afirmou Carlos Bolsonaro, vereador pelo Rio de Janeiro e filho de Jair Bolsonaro, demonstrando que não tem interesse em pôr fim à crise que se instalou no governo após ele desmentir o ministro Gustavo Bebianno

Depois de fritar Bebianno, Carlos Bolsonaro diz que é alvo de ataque 'por dizer a verdade'
Depois de fritar Bebianno, Carlos Bolsonaro diz que é alvo de ataque 'por dizer a verdade' (Foto: Reprodução/Rede Social)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Demonstrando que não tem interesse em pôr fim à crise, o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente, voltou às redes sociais para comentar a polêmica que ele mesmo causou com desmentir o ministro-chefe da Secretaria da Presidência, Gustavo Bebianno.

Como um adolescente que reclama das broncas que leva, Carlos Bolsonaro afirma ser alvo de ataques "simplesmente" por ter dito a verdade.

"Faço uma pergunta para simples reflexão: por que focam as baterias para me atacar se simplesmente disse a verdade? Se respondo sou isso, se me calo sou aquilo", afirmou em sua página no Twitter.

Apontado como responsável por destinar verbas de campanha para candidatos laranjas do PSL, partido do presidente, Gustavo Bebianno disse que não havia clima de tensão com o presidente, pois tinha conversado com ele várias vezes. O filho do presidente, no entanto, recorreu ao Twitter para desmentir uma informação de Bebianno dada ao O Globo.

Sem citar nomes, o filho do presidente que é conhecido por ser o pit bull do pai, aproveitou a postagem, para atacar. "Não se deixem levar por quem sempre escravizou suas mentes. Estão desesperados pois não tem mais o que é dos senhores!", escreveu.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247