Deputado do PSL que protagonizou bate boca com Eduardo Bolsonaro pede escolta após ameaça de morte

Deputado Júnior Bozzella (PSL-SP) pediu escolta à Polícia Legislativa alegando ter sido ameaçado de morte por um assessor do também deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP)

Deputado federal Júnior Bozzella (PSL-SP)
Deputado federal Júnior Bozzella (PSL-SP) (Foto: Agência Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - O deputado Júnior Bozzella (PSL-SP) acionou escolta da polícia legislativa após receber ameaças de morte que estariam sendo feitas por um assessor de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), segundo informações do site Antagonista.

Aliado de Luciano Bivar, presidente do PSL, Bozzella, que atua como porta-voz informal da sigla, protagonizou bate-boca e despertou a ira do filho de Jair Bolsonaro após dar entrevista dizendo que o comando do partido havia decidido punir os deputados ligados ao presidente.

Leia a íntegra na Revista Fórum

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247