Deputado vai à Justiça para Bolsonaro mostrar provas de fraude nas eleições de 2018

Célio Studart (PV-CE) entrou com ação popular na Justiça Federal do Ceará exigindo que Bolsonaro apresente provas de fraudes nas eleições de 2018. Em março, ele afirmou nos EUA que teria “nas mãos” evidências de foi eleito no primeiro turno

(Miami - Flórida, 09/03/2020) Palavras do Senhor Presidente da República Jair Bolsonaro.
Foto: Alan Santos/PR
(Miami - Flórida, 09/03/2020) Palavras do Senhor Presidente da República Jair Bolsonaro.
Foto: Alan Santos/PR (Foto: Alan Santos)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - O deputado federal Célio Studart (PV-CE) entrou com uma ação popular na Justiça Federal do Ceará exigindo que o presidente Bolsonaro apresente provas de fraudes nas eleições de 2018. Bolsonaro afirmou, em março, durante uma palestra em Miami, nos EUA, que teria “nas mãos” evidências de foi eleito no primeiro turno das eleições de 2018. A petição foi protocolada no começo da noite de quinta (30).

“O Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, dirigiu – em mais de uma oportunidade severas críticas ao sistema de votação por meio da urna eletrônica, adotado no Brasil. O Presidente é um detrator contumaz da transparência deste sistema”, diz o texto da petição. 

“Se o Presidente de fato possui tais provas, estas seriam capazes que colocar sob questionamento todas as eleições realizadas por meio das urnas eletrônicas. No entanto, se não possui elementos para tanto e o faz com fito difamatório ou calunioso, está atentando contra a democracia”, segue o texto. 

Continue lendo na Fórum.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247