Desmatamento na Amazônia em agosto cresce 222% em relação a 2018

Além de agosto, junho e julho, respectivamente, apresentaram crescimento de 90% e 278% no desmate em comparação aos mesmos meses de 2018

Revista Fórum - Novos dados do Deter, do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), revelou que o desmatamento na Amazônia cresceu 222% em relação ao mesmo período em 2018. Foram devastados cerca de 1.701 km² de floresta, sendo que, no mesmo mês, em 2018, foram 526 km². Apesar dos dados oficiais apontarem para uma crescente destruição da floresta, o presidente Jair Bolsnaro (PSL), assim como o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, persistem no discurso de que números são falsos.

O Inpe já tem revelado que, nos últimos meses, o desmatamento vem crescendo. Os meses de junho e julho, respectivamente, apresentaram crescimento de 90% e 278% no desmate em comparação aos mesmos meses de 2018. Dados do Instituto também revelaram que desmatamento não foi o único problema que cresceu no bioma, mas também os incêndios. A Amazônia teve um avanço de 196% em agosto de 2019, atingindo nada menos do que 30.901 focos ativos, contra 10.421 em relação ao mesmo período de 2018.

Confira a reportagem completa na Revista Fórum

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247