Dia 19 de abril de 2021 marca os 33 anos da expulsão de Bolsonaro dos quadros do Exército

O dia 19 de abril deste ano marca os 33 anos em que Jair Bolsonaro foi expulso do Exército sob a acusação de planejar atentados contra instalações militares no Rio de Janeiro

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - O dia 19 de abril deste ano marca os 33 anos da expulsão de Jair Bolsonaro dos quadros do Exército, pelo Conselho de Justificação Militar (CJM), sob a acusação de planejar atentados contra instalações militares. 

Segundo reportagem do site É Assim, em 1988 Bolsonaro planejou colocar explosivos de baixa potência em quartéis no Rio de Janeiro, na Vila Militar, na Academia das Agulhas Negras e até na adutora de Guandu, responsável pelo abastecimento de água da capital fluminense. 

Dois anos antes, Bolsonaro havia escrito um artigo para a revista Veja denunciando os baixos salários pagos pela corporação. Em 1987, a repórter Cassia Maria assinou uma reportagem afirmando ter ouvido do próprio Bolsonaro que ele iria colocar em cursos a operação intitulada “Beco Sem Saída”, que envolvia os atentados contra instalações militares. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após a publicação, ele foi acusado de mentir sobre a conversa mantida com a jornalista e, também de ameaçar a repórter antes do depoimento. Apesar das acusações, Bolsonaro acabou absolvido em segunda instância pela Justiça Militar, mas foi “convidado” a se aposentar do Exército. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email