Dilma: Pedro Casaldáliga teve “uma vida de luta por justiça social”

A ex-presidente Dilma Roussef manifestou sua tristeza com a morte do bispo emérito dom Pedro Casaldáliga, neste sábado: “Toda sua vida foi de luta por Justiça Social e em defesa dos mais humildes”

(Foto: Banco de Dados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Com uma nota expressiva, a ex-presidente Dilma Roussef manifestou sua tristeza com a morte do bispo emérito dom Pedro Casaldáliga, neste sábado (8). Em um tweet ela escreveu: “É com muita tristeza que recebo a notícia da morte de Dom Pedro Casaldáliga. Toda sua vida foi de luta por Justiça Social e em defesa dos mais humildes. Um homem de fé e de perseverança. Um homem de esperança em meio à injustiça que envergonha a todos que lutam por dias melhores”.

Após uma longa internação, Dom Pedro Casaldáliga, bispo emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia (MT) morreu na manhã deste sábado.. Ele estava internado em um hospital de Batatais (SP) com insuficiência respiratória.

A notícia da morte foi comunicada pela Prelazia de São Félix do Araguaia (Mato Grosso, Brasil). Veja abaixo:

A Prelazia de São Félix do Araguaia (Mato Grosso, Brasil), a Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria (Claretianos) e a Ordem de Santo Agostinho (Agostinianos) comunicam o falecimento Dom Pedro Casaldáliga Pla, CMF, Bispo Emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia (Mato Grosso) e Missionário Claretiano, ocorrido neste dia 08 de agosto de 2020 às 9:40 horas (horário de Brasília), na cidade de Batatais, estado de São Paulo, Brasil.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247