Diretor da Fundação Palmares debocha da Justiça e insinua que Sergio Camargo seguirá mandando na instituição

Marcos Petrucelli ainda disparou em suas redes fake news dizendo que Suzane Richthofen é filiada ao PT

Sergio Camargo e Marcos Petrucelli
Sergio Camargo e Marcos Petrucelli (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O diretor do Departamento de Fomento e Promoção da Cultura Afro-Brasileira da Fundação Palmares, Marcos Petrucelli, usou o Twitter para debochar da decisão da Justiça que afastou o presidente da instituição, Sergio Camargo, das atividades relativas à gestão de pessoas. A informação é do jornalista Lauro Jardim, em sua coluna no jornal O Globo.

Com a decisão, Petrucelli se tornou responsável por funções como nomear e exonerar funcionários. Nas redes, ele respondeu a comentário de Camargo sobre o afastamento.

“Vou cumprir à risca a determinação (da Justiça). Mas sempre depois de perguntar a você (Sergio Camargo) o que é preciso fazer! kkkkkkkk”, debochou. 

PUBLICIDADE

No primeiro dia na função, Petrucelli mostrou que está disposto a seguir a linha do chefe. Também nas redes, compartilhou uma fake news antiga que diz que Suzane von Richthofen seria candidata a vereadora pelo PT.

Ele escreveu:“Evidente que sim! Qual outro partido permitiria criminosos em seus quadros? Parabéns, PT, coerência é tudo!”. 

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email